princípio do contraditório

Teria de dar a volta ao mundo dos vivos
ser a tua Rússia; o teu chá;
consumir-me de ódio;
artigo 14 barra 12; Irresponsável!! – diz o Código;

Perdeste a atmosfera; a estética do silêncio;
Um calvário Senhor Juíz!
Tenho o nariz mais parece a maçaneta duma porta…

Morta!
Estou morta!

Tenho a cabeça dilatada de tantas transfusões de sopa;
Um galo!
É um percurso pela legislação…
mas não…

estou morta! Morta! Não estou morta!

Tenho só o cabelo em carne viva;
pedaços de testa franzida
ferida
da vida
em…
take 2, corta!!

Morta, estou morta mesmo a dormir;

Perdeste a atmosfera, a estética do silêncio;
Um calvário Senhor Juíz!
Tenho o nariz mais parece a maçaneta duma porta!
Morta?
Eu não estou morta!

Agora, e se é que perguntas:
que tal este filme?
Fi-lo p´ra ti na acidez do momento

Processo arquivado na barra do tempo!

por inês maria

Advertisements

~ by egoista on October 20, 2008.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: